Amar a Deus e ao próximo – Mc 12,28b-34

“Qual é o primeiro de todos os mandamentos? Jesus respondeu: O primeiro é este: ouve, ó Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás o Senhor teu Deus de todo o coração, de toda a tua alma e de todo o entendimento e com toda a tua força.” (Mc 12,28b-34)

Continua após a publicidade..

Queridos irmãos e irmãs, o que é preciso para receber a felicidade? É justamente isso que este jovem pergunta para Deus: “Que eu preciso fazer para ter a felicidade?”. Jesus, de forma categórica, diz justamente isso: “Amar a Deus sobre todas as coisas, de todo o teu coração, de toda a tua alma e ao próximo se doando de forma sem reserva”.

Contudo, nós precisamos nos parecer com Cristo justamente nisso. Em Filipenses 2,5 diz: “Tendes os mesmos sentimentos de Cristo”. A felicidade de forma total e completa só conseguimos quando configuramos a nossa vida à vida de Jesus, porque Ele nos deu o exemplo de como amar a Deus e ao próximo. Jesus fez isso de forma brilhante.

Mesmo sendo Deus e também homem, poderia sentir raiva, tristeza, angústia, irritar-se com as pessoas, mas Jesus resolveu fazer o contrário para mostrar a nós que é possível amar a Deus e ao próximo como a nós mesmos. Por isso amar o próximo com o amor de Jesus não é amar somente com os nossos esforços. Isso seria até mesmo inviável.

A Graça de Deus nos impulsiona a amar incondicionalmente

A Palavra de Deus e o Catecismo da Igreja Católica diz que se não é a graça de Deus sobre nós, não podemos jamais amar as pessoas, amar o próximo, amar a Deus ou fazer qualquer gesto de caridade. Em tudo nós dependemos da graça. Tudo nós dependemos de Deus.

Nós fazemos o nosso esforço, e Deus vem com a Sua graça e nos renova interiormente. É justamente isso que Jesus nos pede a fazer e é sempre o nosso dever: amar a Deus e ao próximo. Porém, num mundo capitalista, materialista, onde não se vê mais a necessidade dos outros, o verdadeiro amor que há em nós vai se corrompendo, mas Deus o derrama a todo momento quando abrimos o coração.

Então é nessa expectativa, meus irmãos, que eu quero dizer para você: mantenha-se firme no amor a Deus e no amor ao próximo, e isto o levará à verdadeira felicidade, porque estará seguindo os mesmos passos de Cristo Nosso Senhor.

Sobre todos vós, desça a bênção do Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!